Uespi: Greve dos professores chega ao fim após 28 dias

Em assembleia geral na manhã desta segunda-feira (15/04), os professores da Universidade Estadual do Piauí -Uespi decidiram por fim a greve que já durava 28 dias. Em votação, 74 educadores escolheram pela suspensão do movimento grevista e outros 8 votaram a favor da continuação do movimento.

Na última sexta-feira (12), professores, servidores e alunos da Universidade Estadual do Piauí assinaram um acordo com o governo do estado contendo 10 pontos de reivindicação mediado pelo desembargador Ricardo Gentil, do Tribunal de Justiça do Piauí.

O Governo do Estado firmou o compromisso de, até o dia 29 de abril, contratar professores temporários para atender as disciplinas que estão descobertas, quase 300. E também acertou que será prorrogada a validade do último certame, com o promessa de que 26 classificados sejam nomeados.

Também prometeu regularizar o pagamento das bolsas estudantis da universidade. E o governo ficou de lançar um novo edital com oferta de bolsas na mesma quantidade ofertada no ano passado, além de criar um calendário para que elas sejam pagas nas mesmas datas em que são efetuados os pagamentos dos salários dos professores e demais servidores da instituição.

10 pontos de reivindicação de melhorias para a Uespi

Implementar progressões de regime de trabalho de forma retroativa até dezembro de 2018;

Implementar progressões de regime de trabalho para 2019 de acordo com a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal);

Contratar professores temporários;

Regularizar pagamento de bolsas estudantis;

Criar comissão para discutir a possibilidade de autonomia financeira e administrativa da Uespi;

Buscar a liberação de recursos para questões emergenciais;

Respeitando o limite prudencial, prorrogar a validade do último concurso para professor;

Analisar a possibilidade de um novo concurso público;

Negociação marcada para 7 de junho para tratar sobre reposição dos vencimentos dos docentes;

Novo calendário acadêmico sem consequências salarial aos servidores.

Ficou agendada para o dia 7 de junho uma nova reunião para que o governo e os representantes dos servidores voltem a tratar desses três pontos.  

Fonte: meio norte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s