Economista piauiense morre aos 87 anos no Rio de Janeiro

O piauiense, João Paulo dos Reis Velloso, de 87 anos, natural de Parnaíba (345 km de Teresina), morreu nesta terça-feira (19), no Rio de Janeiro, foi um economista brasileiro. Foi funcionário e assessor da presidência do Banco do Brasil, assessor do Ministro da Fazenda, presidente do Ipea e Ministro do Planejamento do Brasil.

Filho de Francisco Augusto de Castro Veloso e de Maria Antonieta Torres Veloso, nasceu em Parnaíba, no Piauí.[1] Fez seus primeiros estudos em sua cidade natal, tendo cursado o secundário no Colé­gio São Luís Gonzaga. Formou-se em economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).[1] Cursou pós-graduação em economia, no Conselho Nacional de Economia em 1961 e o em 1962 no Centro de Aperfeiçoamento de Economistas, atual Escola de Pós-Graduação em Economia, da Fundação Getúlio Vargas. Em 1962 foi para a Universidade de Yale, em New Haven (EUA), onde permaneceu até maio de 1964, obtendo o título de mestre em economia.

Em março de 1951 transferiu-se para a cidade do Rio de Janeiro, exercendo a função de secretário do deputado federal Jorge Lacerda, da UDN de Santa Catarina, função que exerceu até 1952. Ainda em 1952 foi admitido no Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários (IAPI), como escriturário e oficial de administração, chegando a ser nomeado secretário da presidência.

Em 1958, passa a ser assessor da presidência do Banco do Brasil e a cursar a graduação na UERJ. Em 1961, no governo de João Goulart, foi nomeado para atuar no gabinete do ministro da Fazenda, Walther Moreira Salles.

Foi ministro do Planejamento durante os governos de Emílio Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, permanecendo no cargo entre 1969 e 1979. Sua gestão foi marcada por dois momentos distintos: o apogeu do chamado “Milagre Brasileiro” e a “Crise do petróleo de 1973”.

Avesso a atividades políticas, recusou um convite para se candidatar ao Senado pelo PDS do Piauí em 1982 após sondagem feita pelo então governador Lucídio Portela.

Recebeu a Medalha Santos Dumont, a Medalha da Ordem do Rio Branco, a Ordem do Mérito Naval, e foi membro da Academia Piauiense de Letras.

Ciro Nogueira afirma que João Paulo dos Reis Veloso contribuu para o pensamento liberal moderno

“É com tristeza que recebo a notícia da morte de João Paulo dos Reis Veloso , um dos mais brilhantes economistas brasileiros, nascido em Parnaíba”, disse o presidente nacional do Progressistas, senador Ciro Nogueira.

Segundo ele, João Paulo dos Reis Veloso foi o esteio do desenvolvimento do Piauí e contribuiu como poucos para a expansão de um pensamento econômico liberal moderno.

Governo do Piauí decreta três dias de luto pela morte de Reis Velloso

O Governo do Estado manifesta pesar e decreta luto oficial de três dias pelo falecimento do economista e ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso.

Nascido no município piauiense de Parnaíba, Reis Velloso foi um dos economistas mais influentes do país ao ocupar o cargo de ministro do Planejamento entre 1969 e 1979, nos governos de Emílio Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, quando ajudou na formulação dos Planos Nacionais de Desenvolvimento (PNDs) e fundou o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O Governo do Estado se solidariza com familiares, amigos e admiradores neste momento de profundo pesar.

Firmino Filho diz que Reis Velloso  foi um dos maiores economistas do Brasil

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) , disse que foi com grande tristeza que recebeu a  notícia da morte de João Paulo dos Reis Velloso.

 foi um dos precursores Segundo ele,  o ministro Reis Velloso foi um dos grandes economistas  do país, participou de vários governos  formulando políticas e estratégias para o Brasil.

“Ao mesmo tempo, ele foi um dos primeiros brasileiros a serem pós-graduados em universidades americanas de primeiro time.  Foi um dos precurssores na formação de economistas, pós-graduados das universidades americanas” , falou Firmino Filho, que é economista com Mestrado nos Estados Unidos.

Firmino Filho disse que Reis Velloso não foi importante apenas no cenário nacional,   no Piauí, ele teve papel importante porque, quando ministro nos dois governos, foi o responsável por alavancar grandes investimentos para nosso Estado, especialmente na época do ex-governador Alberto Silva,  que trouxe um processo de modernização muito grande para o Piauí na década de 70.

“Portanto, foi um importante quadro na política econômica nacional e do Piauí. Teresina se sente triste, nesse momento, e a gente externa nosso pesar e solidariedade aos seus familiares”, acentuou Firmino Filho.

Deputado Júlio César Lima diz que Reis Velloso foi uma das maiores figuras públicas do Piauí

O deputado federal Júlio  César Lima (PSD) afirmou que o ex-ministro João Paulo dos Reis Velloso  foi uma das principais figuras publicas do Estado do Piauí.

“E ainda em um tempo mais dificil, onde os poderes eram centralizados entre os estados mais ricos. Chegou até o ministerio do Planejamento por merito e qualidade em tudo que exerceu. Seu trabalho vai ficar eternizado. Sinto muito pela sua morte”, falou Júlio César Lima.

Fonte: meio norte

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s